domingo, 22 de maio de 2016

Lunar (2009)


Excelente filme inglês escrito e dirigido por Duncan Jones, filho de David Bowie. Com orçamento bastante modesto para uma ficção científica o filme de estreia de Jones pode ser considerado como uma homenagem a filmes clássicos do gênero como 2001 - Uma Odisseia no Espaço.


A história se passa em um futuro próximo em que Sam Bell (Sam Rockwell) vive os últimos dias de seu período de três anos trabalhando em uma estação na lua.  Lunar é o nome da empresa em que Bell trabalha cuidando da extração do Helium 3. O material é usado na terra como importante fonte de energia e, como todo o processo de mineração é automatizado, Sam trabalha sozinho em um laboratório pequeno, convivendo apenas com um robô-auxiliar de nome GERTY dotado de inteligência artificial (voz de Kevin Spacey) que, ao contrário de Hall de 2001, expressa emoções simuladas através de emoticons em uma pequena tela.

Jones cria muito bem a situação de isolamento vivida por Sam que por um problema no sistema de comunicação só consegue assistir à antigas gravações de seus diálogos com sua esposa e filha na terra.  

A rotina e solidão aliadas a fatos estranhos que começam a ocorrer dentro e fora da base levam Sam a questionar sua sanidade e o filme passa a apresentar um ótimo suspense psicológico embalado por uma trilha sonora muito bem elaborada por Clint Mansell. Aos poucos o protagonista soluciona o mistério, supera o estado de paranoia e toma consciência de sua triste existência. 


Ficção científica muito boa e simples que não se baseia em efeitos especiais mas em um roteiro muito bem elaborado. 

Trailer:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As sessões do Ciência Cineclube são abertas ao público. Para os estudantes da PUC Minas é possível fazer a inscrição na atividade pelo Sistema de Gestão Acadêmica SGA e receber certificado de participação.





Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *