Quase Deuses (2004)


Filme norte americano de 2004 dirigido por Joseph Sargent com roteiro de Peter Silverman e Robert Caswell, Quase Deuses conta a real e emocionante estória de Vivien Thomas (Mos Def) jovem negro que em 1930 em Nashville consegue um emprego de faxineiro no Laboratório de Cirurgias Experimentais da Universidade Vanderbilt dirigido pelo Dr. Alfred Blalock (Alan Rickman). Blalock, um homem branco, rico e pesquisador muito rigoroso percebe a grande inteligência, determinação e habilidade manual (desenvolvida ao aprender carpintaria) de Vivien e decide promovê-lo a Técnico de Laboratório.  Estes dois homens, tão diferentes irão trabalhar juntos durante muitos anos no desenvolvimento de técnicas cirúrgicas usando cachorros como cobaias.


Na década de 40 o Dr. Blalock torna-se o chefe do departamento de cirurgias do Hospital Universitário John Hopkins.  Vivien, que sonhava poder estudar Medicina vai junto com o Dr. Alfred para o auxiliá-lo nos laboratórios. Eis que surge um grande desafio: um problema cardiaco em bebês recém nascidos conhecido como Síndrome do Bebê Azul por alterar a cor da pele das crianças e levar a morte. Blalock decide pesquisar a doença em cães e juntamente com Vivien desenvolve uma técnica para reparar cirurgicamente o coração dos bebês. Nunca uma intervenção cirúrgica tão delicada havia sido tentada.

O filme apresenta todo o sofrimento de Vivien pelo preconceito e racismo institucionalizado nos EUA, por sua frustração de não ter podido estudar Medicina e por não receber o reconhecimento devido.


Referências:
http://www.robaldowns.org/filmes/drama/quasedeuses720p.html
http://pt.slideshare.net/nancyenf/resenha-crtica-do-filme-quase-deuses
https://filosofojr.wordpress.com/2010/06/25/quase-deuses-resenha/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nenhum a menos (1999)

O Quarto de Fermat (2007)

Copenhagen (2002)